5ª Bienal Latino-Americana de Artes Visuais - VentoSul
 
 

curadores

 
Ticio Escobar
Licenciado em Filosofia, Direito e Ciências Sociais, professor, crítico de arte, conferencista e júri de salões internacionais de arte. Foi um dos curadores da II, III, IV, V e VI Bienal de Artes Visuais do Mercosul, em Porto Alegre. Curador Geral do 2ª e 3ª Mostra de Artes Visuais Integração da América Latina – VentoSul e é curador geral da 5ª Bienal VentoSul. Foi Secretário Municipal da Cultura da cidade de Assunção e Diretor do Centro de Artes Visuales / Museo Del Barro, além de um dos curadores da Bienal de Valência, Espanha, em 2007. Autor de inúmeras publicações sobre suas especialidades, recebeu prêmios em vários países, entre eles o de Crítico Latino-Americano da Seção Argentina, da Associação Internacional de Críticos de Arte. É membro do Claustro do Doutorado em Filosofia, Estética e Teoria da Arte da Universidade do Chile.
 
Leonor Amarante

Graduada em jornalismo e autora de As Bienais de São Paulo, já foi responsável por duas edições da Bienal do Mercosul, em parceria com Fabio Magalhães, curadora da seção brasileira de três edições da Bienal da Venezuela, é curadora geral da 5ª Bienal VentoSul e colaboradora da Bienal de Havana, trabalhou como editora executiva de publicações do Memorial da América Latina, editora da revista Nossa América e gerente de publicações do Memorial da América Latina e curadora geral da 1.ª Bienal do Fim do Mundo.

 
Fábio Magalhães
Museólogo e ex-curador-chefe do Museu de Arte de São Paulo – MASP –, exerceu vários cargos na administração pública, entre eles foi secretário adjunto da Secretaria de Estado da Cultura (2005 a 2007), diretor da Pinacoteca do Estado de São Paulo (1979 a 1982), secretário da Cultura do Município de São Paulo (1983), assessor especial da Secretaria de Estado da Cultura (1984 a 1985), secretário de Apoio à Produção Cultural do Ministério da Cultura – Minc –, presidente da Embrafilme (1988) e presidente da Fundação Memorial da América Latina (1995 a 2003). Foi curador geral das II e III Bienal de Artes Visuais do Mercosul, em Porto Alegre (1998 e 2001), curador geral da 4ª Mostra VentoSul e integrante do conselho curatorial da 5ª VentoSul em Curitiba. Magalhães integra os conselhos da Fundação Padre Anchieta, da Fundação Bienal de São Paulo, entre outros, e é Membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte – ABCA – e do ICOMUS/UNESCO. Estudou História da Arte no Institut D'Art et d'Arquéologie de Paris.  
 
Fernando Cocchiarale
Crítico de arte, professor de Estética do Departamento de Filosofia da PUC/RJ, desde 1978, do curso de especialização em História da Arte e Arquitetura do Brasil, na mesma universidade (1983-2006), e da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde a década de 1980. É autor do livro Abstracionismo geométrico e informal, em parceria de Anna Bella Geiger, e de centenas de textos publicados em catálogos, revistas e livros de arte. Foi membro de júris e comissões de seleção de eventos como o 10º (1988) e o 15º (1995) Salão Nacional de Artes Plásticas e curador, entre outras, das exposições O Moderno e o Contemporâneo – Coleção Gilberto Chateaubriand, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – MAM-RJ – em 1981 e da 2ª e 3ª Mostra de Artes Visuais Integração da América Latina – VentoSul, curador geral da 4ª Mostra VentoSul e integrante do conselho curatorial da 5ª VentoSul em Curitiba. Foi curador do MAM-RJ (2000 a 2007), curador-coordenador do Rumos Itaú Cultural – Artes Visuais (1999/2000 e 2002/2003) e coordenador de artes visuais da Fundação Nacional de Arte – Funarte – (1991 a 1999).
 
Ivo Mesquita
Jornalista, crítico de arte, mestre em Artes Plásticas, tem uma larga experiência como pesquisador, curador, diretor e consultor de museus, não só no Brasil, como também na América Latina, América do Norte e Europa. Desenvolveu trabalhos como diretor do MAM-SP, integrante do conselho curatorial da 5ª Bienal VentoSul de Curitiba. Curador da Pinacoteca de São Paulo e da 28ª Bienal de São Paulo. É membro do Graduate Committee do Center for Curatorial Studies (Nova Iorque) e do International Council of Museums e faz parte da diretoria do Comitê Internacional de Museus de Arte Moderna.
 
Justo Pastor Mellado Suazo

Curador independente, crítico de arte e diretor da Escola de Artes Visuais da UNIACC, em Santiago do Chile. É Mestre em filosofia pela Universidade de Provença (França) e candidato a Doutor em Estética pela Universidade de Paris. Foi curador de inúmeras exposições e bienais, dentre elas: Festival Downey (Chile), Arte y Palabra (Espanha), Estética de la Dificultad (Argentina), I Bienal de Artes Visuais do Mercosul (Porto Alegre), XXIV Bienal de São Paulo, II Bienal de Lima (Peru), Trienal Poligráfica de San Juan (Porto Rico), e publicou textos em diversos catálogos de arte. Foi consultor da participação chilena na 4ª Mostra VentoSul e integra o conselho curatorial da 5ª Bienal VentoSul em Curitiba.

 
Andrea Giunta
Crítica de arte, é doutora em filosofia e letras e professora de história da arte da Universidade de Buenos Aires. Autora de livros León Ferrari - Retrospectiva - Obras 1954-2006, Vanguardia, Internacionalismo Y Política, Candido Portinari y el Sentido Social del Arte (Arte y Pensamiento), entre outros. É ex-diretora do Centro Cultural Recoleta, foi curadora de exposições nacionais e internacionais, como “Poéticas e políticas, 1954-2006” e Fórum Arte das Américas. Integra o conselho curatorial da 5ª Bienal VentoSul em Curitiba.
 
Tereza de Arruda

Curadora e crítica de arte, mestre pela Universidade Livre de Berlim, desenvolve projetos em vários paises, e faz pesquisas sobre o cenário internacional e desenvolvimento da arte em Pequin, México, Miami, Nova York, Chicago, Londres, Oxford, Amsterdam, Milão, Roma, Lisboa. Participou de importantes exposições internacionais como Bienais em Veneza, Havana, Istambul, Liverpool, São Paulo, Porto Alegre, Gwangju como representante da imprensa internacional. Como critica de arte, integra o conselho curatorial da 5ª Bienal VentoSul em Curitiba, escreveu varios artigos para catalogos e mídia especializada. Ela colaborou como curadora em programas especiais na Galeria Vermelho (São Paulo), Galerie DNA (Berlin), TactileBosch (Cardiff), China Blue Gallery (Pequin) e foi curadora das exposições"China: Construção/Desconstrução" e “O convívio social aos olhos de Tatsumi Orimoto”, ambas no MASP - Museu de Arte de São Paulo em 2008, entre outras.

 
Berta Sichel
Curadora, escritora e pesquisadora é formada em jornalismo e é mestre em Sistemas de Comunicação, Media Ecology e doutora pela Universidade de Nova York com a dissertação: The Idea of Innovation in Art and Technology. Sua área de interesse está na relação entre arte, tecnologia, ciência. Professora de New School for Social Reserch em Nova York, é também diretora do Departamento de Audiovisual do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sodia em Madrid, onde faz curadoria de exposições como “Brazil Festival. (2008), ”“First Generation: Art and tde Moving Image” (2006/2007), “Art on TV (2005), entre outros. Foi premiada, em 1998, com “Translocal: Twenty Five Years of Video Production by Latinos and Latin Americans” pelo Guggenheim Fellowship. Integra o conselho curatorial da 5ª Bienal VentoSul em Curitiba, foi consultora de exposições do Centro Andaluz de Arte Contemporâneo, Espanha (2004), coordenadora e representante dos EUA na Bienal de Istambu (1997), Museu de Arte Moderna de São Paulo(1989/90).
 
Fernando Castro Flórez
Professor de Estética, Teoria das Artes e de Arte Contemporânea na Universidade Autônoma de Madrid; também é professor de Teoria e Prática da Arte Contemporânea na Universidade Complutense de Madri, e de Arte Contemporânea no Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia. Crítico de Artes e Letras na ABCD, colaborador regular das revistas Arte y Naturaleza, Revista de Occidente, Contrastes, Dardo e Exit Express. É membro do Patronato do Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, do Comitê Consultivo do Museu Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporânea, do Comitê Consultivo da Segunda Bienal de Canárias, um dos curadores da Trienal de Arte Contemporânea do Chile. Na 5ª Bienal VentoSul é responsável pela curadoria dos artistas de Curitiba e integra o conselho curatorial.
 
Simone Landal
Mestre em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná, com pesquisa sobre curadoria de exposições de artes plásticas, especialista em história da arte do século XX, pela Escola de Belas Artes do Paraná, graduou-se em Desenho Industrial pela UFPR, em 1994. Na Fundação Cultural de Curitiba foi responsável pela Divisão de Acervos Artísticos do Município de 1996 a 2002, quando realizou a curadoria de diversas exposições, atualmente é coordenadora do Centro Cultural Solar do Barão. Ainda como curadora, produziu “A Noite Moral”, que integrou a XII Mostra da Gravura de Curitiba, “Incursões” e “Nome” com Daniela Vicentino. Atualmente, é professora de História da Arte e História da Arte Brasileira, no curso de Artes Visuais na Universidade Tuiuti do Paraná e no curso de Desenho Industrial da Universidade Positivo. No 62º Salão Paranaense, foi responsável pela concepção gráfica do catálogo juntamente com Artur Freitas e foi uma das curadoras. Na 5ª Bienal VentoSul é curadora adjunta dos artistas de Curitiba e integra o conselho curatorial.
 
Maria Tornaghi (Ações educativas)
Trabalha, desde 1963, na área de arte e do ensino de arte, mantendo a atitude de indagação sobre a arte e sua prática pedagógica, variando muito sua atuação nestes campos. Coordenou o Núcleo de Crianças e Jovens da Escola de Artes Visuais do Parque Lage de 1992 a 2006, e o departamento educativo do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro de 1999 a 2006. A partir de 1999, particularmente interessada nas questões de aprendizagem da arte que surgem na relação do público com obras expostas, coordenou as atividades educativas de exposições e mostras no próprio MAM e em outros espaços, como: "Picasso – Anos de Guerra", “Artes Indígenas/Brasil + 500”, "Mostra Rio Gravura" e "O Brasil Redescoberto". Na 5ª Bienal VentoSul de Curitiba, é autora do projeto educativo e integra o conselho curatorial.


Curador de Madrid dará palestra em Curitiba
26/03/2009

Em reunião na Fundação Cultural de Curitiba, foi confirmada uma palestra do curador da 5ª Bienal VentoSul, Fernando Castro Flórez...


Diretor Geral da Bienal de Québec em Curitiba
23/02/2009

O canadense Claude Bélanger, diretor geral da manif d´art (www.manifdart.org) esteve em Curitiba reunido com os curadores e organizadores da 5º Bienal VentoSul para apresentar os artistas canadenses que participarão do evento...


Tom Lisboa é coordenador da mostra de vídeos
12/01/2009

Tom Lisboa é o responsável pela coordenação da mostra de vídeos “Ventosul: vídeos de artista” que será apresentada na Cinemateca de Curitiba. As inscrições poderão ser realizadas através do site a partir de 10 de abril...


UFPR na 5ª Bienal VentoSul
08/01/2009

A presidente do Instituto Paranaense de Arte, Luciana Casagrande Pereira, acompanhada pelo diretor Luiz Ernesto Meyer Pereira, reuniram-se com o Reitor da UFPR...

 
 
Instituto Paranaense de Arte - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 655 - Centro - 80430-180 - Curitiba-PR - Fone +55 (41) 3223-8424